Aprendendo com o tempo

Fui obrigado com o passar do tempo, aprender na vida que nem sempre as coisas são como pensamos. Talvez por inocência, inexperiência ou falta de sabedoria, ainda novo na fé, acreditei em pessoas más, achando que todo mundo fosse igual, e jamais seria deixado para trás, uma vez que tinha acabado de construir uma amizade, sem perceber as segundas intenções, dos que aproximaram apenas em busca de algum beneficio.

Errei em tentar agradar todo mundo, pois ainda não tinha aprendido a dizer a palavra: Não! E essa dificuldade me custou caro, até entender que nem meu Cristo agradou a todos, nunca serei igual a ele, e mesmo me esforçando o máximo para agradar alguns, ainda encontrarei alguém para reclamar, onde somente o Senhor reconhecerá meus feitos, pois sabe que não os fiz pensando em retorno.

Com as pedradas e tropeços, houve um crescimento, não estou com filosofia, ou tentando impressionar, apenas dizer que de tanto apanhar, fui observando que temos uma missão, e em todas as coisas, o mais importante é o amor, se não tivermos amor por aquilo que fazemos, não terá sentido. Assim, posso dizer que ainda tenho temor, tenho amor, que sempre orei a Deus desde novo convertido, pedindo para que nunca falte amor em meu coração, por ele ser tudo, superar tudo, vencer tudo, porque ele é Deus.

Esse amor me ensinou e ajudou a perdoar, até mesmo aqueles que me fizeram sofrer, que não vale a pena perder tempo, pois ele dirá quem estava com a razão. Pretendo apenas seguir firme em meus propósitos, e um dia sei que  reconhecerão, que meu Deus sempre esteve comigo, continua em minha vida, e em momento algum me neguei abençoar, até mesmo quem me maltratou com palavras fingidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário