O desejo de vencer


O desejo de querer vencer,
Faz-nos as vezes darmos cabeçadas,
Tentamos acertar e mostrar que somos capazes,
Não desistimos da luta, pois nesta vida,
As coisas não são feitas da forma que pensamos.

A dificuldade nos cerca,
E parece diante dela não ter mais solução,
Deparamos-nos com um problema que parece insolúvel,
E sufocados por ele nadamos e nadamos,
Para ver se do outro lado há uma forma de escape.

As lágrimas descem pelo rosto,
Mostrando o cansaço de quem entrou na luta,
O coração busca um meio para chorar
Como forma de desabafo e vencer a angustia,
Pois não é o fim e todo trabalho não foi em vão.

Lutamos com todas as armas,
Sendo que nenhuma é capaz de tirar esse laço,
Do sofrimento que chega para apertar mais ainda
Que por descuido se tornou um grande embaraço,
De uma dor e a solidão que não se finda.

Olhamos então para cima,
De onde nosso olhar não deveria ter saído,
Ainda bem que existe uma esperança,
Que renasce e traz vida ao coração sofrido,
E a certeza de que mesmo que venham as lutas,
Alguém se preocupa comigo e contigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário